News

Monday 23 July 2018

Save the Children promove inclusão de crianças nos Conselhos de Escola em Manica

Thursday 19 July 2018

Save the Children promove campos de leitura em Manica

Cerca de 2267 crianças, das quais 754 do sexo feminino e de 15 escolas do distrito de Gondola, em Manica, estão a beneficiar de uma actividade de promoção de leitura e escrita nos campos de leitura, parte integrante da Açcão comunitária incluída no programa Norad que está a ser implementado pela Save the Children e consiste em formar grupos de leitura dentro das comunidades, onde crianças seleccionadas nas escolas são organizadas em grupos de seis a oito, durante 1h30 fora do horário de aulas.

Wednesday 18 July 2018

Mobilization actions for adherence to birth registration boost changes in parents and caregivers.

In the periphery of Maputo city, in the neighborhood of Maxaquene, we find Lúcia Soto, who besides not having her documentation up to date, is the mother of four unregistered children.

Children with 10, 6, 3 years and the last one less than one month old would not have enjoyed their immediate right because their mother was not yet clearly informed about the importance and procedures for birth registration, "I didn´t know how to proceed, I don´t even have documents myself", says Lúcia, a resident of the Maxaquene neighborhood, in Maputo city.

Wednesday 18 July 2018

Save the Children capacita professores em educação inclusiva

Cerca de 30 professores primários, de igual número de escolas do distrito de Gondola em Manica estão a beneficiar de formações em educação inclusiva dadas pelo Instituto de Formação de Chibada, parceira da Save the Children na implementação do projecto de Educação básica, contemplado no programa Norad a ser implementado nas províncias de Manica e Sofala.

Tuesday 17 July 2018

Acções de mobilização para adesão aos registos de nascimento impulsionam mudanças nos pais e cuidadores.

 

Nas zonas periféricas da cidade de Maputo, no bairro de Maxaquene, encontrámos Lúcia Soto, que para além da mesma não possuir a sua documentação em dia, é mãe de quatro filhos também não registados.

Crianças de 10, 6, 3 anos e a última com menos de um mês de idade, não teriam gozado ainda do seu direito imediato porque sua mãe ainda não estava devidamente esclarecida sobre a importância e procedimentos para o registo de nascimento, “não sabia como proceder, afinal nem eu mesma tenho documentos”, afirma Lúcia, moradora do bairro de Maxaquene, na cidade de Maputo.

Pages